Tipos de ar-condicionado

Há variados tipos de ar-condidionados para refrescar o seu calor e se adaptar melhor à sua casa. Os modelos de janela são os mais tradicionais. Como o próprio nome diz, eles podem ser colocados em janelas ou em aberturas próprias para eles na parede. Além de precisar que você abra um espaço do tamanho do aparelho na parede, ele também requer alguns acessórios para ser instalado com segurança. As gaiolas e os suportes são responsáveis por sustentar o ar-condicionado no local correto. Além disso, também é necessário uma mangueira para ser conectada à saída de água. Assim, você evita o gotejar constante durante a utilização do aparelho. Os modelos mais modernos e silenciosos são os Split. Eles contam com duas partes partes separadas: condensador, que possui o motor e fica do lado de fora do ambiente, e o evaporador, que fica na parte de dentro do cômodo e ajuda a refrescar o ambiente. A comunicação entre as duas partes é feita através de um tubo, diminuindo bastante o tamanho do espaço a ser quebrado nas paredes para a instalação do aparelho. Como o motor é separado e não fica no ambiente, esse modelo emite menos barulho. Também há mais de uma variedade de aparelhos split. Os ar-condicionados split Inveter são mais silenciosos ainda e também ajudam a economizar energia elétrica. Quando estão funcionando, os motores não desligam ao atingir a temperatura desejada, como fazem os modelos de janela. Eles apenas reduzem a velocidade de giro e voltam a acelerar quando for preciso. Isso evita que o gasto de eletricidade aumente quando for preciso religar o motor.

Tomadas para ar-condicionado

A instalação elétrica para ar-condicionado é diferente das usadas para outros aparelhos. Como eles demandam muita energia, é preciso de ter um sistema com disjuntor próprio para evitar sobrecarga na rede da casa. Em nosso site, você encontra diversos modelos diferentes de tomadas para ar condicionado que já vem com o disjuntor acoplado de fábrica. Para fazer a instalação, é preciso verificar a tabela do Inmetro para saber qual a potência elétrica necessária para o circuito que irá alimentar o aparelho. A quantidade de BTU’s irá determinar a bitola do cabo, a potência do circuito e qual disjuntor deve ser usado. É importante tomar cuidado com a tensão necessária para cada aparelho. Os modelos de janela podem ser 127V ou 220V. Já os splits são apenas 220V. As tomadas 127V possuem um cabo de fase ligado a elas, um neutro e um de aterramento. Já os modelos de 220V têm dois cabos de fase e o aterramento. Evite ligar os aparelhos em tomadas que não tenham a mesma tensão para evitar sobrecargas, curto circuitos e possíveis incêndios. Os de aparelhos antigos podem precisar de adaptadores para serem ligados nas tomadas do novo padrão brasileiro. Eles tinham três pinos achatados e as tomadas brasileiras possuem apenas entradas redondas.

s