Sinalização e Proteção

Um local de construção civil e urbana é um ambiente por vezes complexo e, por isso, deve-se usar bem a sinalização para garantir a segurança não só de quem trabalha nesses ambientes, mas de quem circula próximo a ele, como os pedestres. Por isso, para deixar clara as informações e orientações sobre os espaços dessa obra, é preciso garantir a sinalização com cones, fitas, placas, cartazes e avisos obrigatórios para não colocar a segurança em risco. O canteiro de obras pode ser uma área tão complexa que a sinalização é tão importante quanto o uso de equipamentos de proteção individual (EPI’s). A prioridade de um projeto de sinalização, seja ele por cones, pedestais, fitas, tapumes ou placas, é transmitir para os trabalhadores de forma clara e objetiva as informações desejadas. Existem tipos de sinalização com a função de orientar algo, indicar o caminho a ser percorrido pelo usuário ao seu destino. Por isso, os símbolos de segurança devem ser universais, com informações completas e de fácil entendimento. Os cones, por exemplo, são utilizados para demarcar lugares como estacionamentos e obras, sendo equipamentos de sinalização de segurança com cores chamativas, como preto e amarelo ou laranja e branco, o que facilita a identificação e visualização do item mesmo em ambientes pouco iluminados. Dessa forma, a utilização dos cones é fundamental para trabalhos executados em vias públicas, alertando veículos e pedestres sobre a existência de buracos ou obstáculos. E igualmente funciona o pedestal de sinalização. As placas de sinalização de obras utilizam sinais e elementos auxiliares combinados para advertir o usuário sobre as características daquele local e para que ele possa identificar os avisos das placas. Placas que indiquem materiais inflamáveis ou tensão elétrica, por exemplo, também são essenciais em obras para evitar acidentes.

Sinalização e Proteção em destaque hoje