Janelas por Tipo de Abertura

As janelas têm um papel importantíssimo no projeto da casa. São essenciais para a entrada de ventilação e iluminação natural e podem proporcionar isolamento acústico. Para isso, há diversos tipos de janelas para criar o espaço certo de cada ambiente, como a janela basculante, de correr, pivotante, maxim ar ou abre e tomba. Sejam elas de alumínio, madeira, aço ou PVC, o importante é escolher o modelo que mais se adeque ao ambiente e ao seu tipo de projeto. O modelo e as características de uma janela fazem toda a diferença na decoração do ambiente e, também, nos cuidados com manutenção. A janela basculante é um dos modelos preferidos para serem instalados em ambientes como a cozinha e o banheiro. Ela funciona através da abertura dos pivôs, ou básculo, estrategicamente localizados em suas laterais, para que as folhas da janela abram e fechem de uma vez. Ao abrir o básculo da janela, parte dela se projeta para fora, enquanto outra parte se projeta para dentro do ambiente. Os vitrôs, por exemplo, são modelos de janelas basculantes muito famosos, abertos por meio de alavanca. Devido o movimento da janela funcionar por meio do controle de abertura das suas folhas para cima ou para baixo, acaba não ocupando muito espaço e, por isso, pode ser instalada em qualquer ambiente. Dentre outras vantagens está a facilidade de limpeza e manutenção. Um modelo de janela com funcionamento semelhante à janela basculante é a janela maxim ar. Elas são muito utilizadas em banheiros e lavabos e instaladas em partes mais altas. Contudo, a principal diferença entre elas está no mecanismo de abertura: enquanto as janelas basculantes abrem por meio de um eixo vertical, as janelas maxim-ar abrem e fecham operando em um eixo horizontal. A abertura dessa esquadria ocorre ao empurrar a folha da janela para fora. No basculante a alavanca aciona a abertura de uma ou mais folhas da janela, enquanto que a maxim ar ocorre folha por folha. As janelas maxim ar podem ser compostas por apenas uma folha ou folhas separadas e independentes. Outro diferencial deste tipo de janela é que possui aplicação de borracha que proporciona ótima vedação e isolamento acústico. A janela pivotante também é um modelo interessante para quem procura uma esquadria que apresente melhor desempenho no direcionamento dos movimentos do ar e permita ventilação constante na totalidade do vão, mesmo em dias chuvosos. As janelas pivotantes podem ser horizontais ou verticais, podendo ter uma ou mais folhas, e apresentam maior ângulo de abertura. É possível direcionar o fluxo de ar que entra pela abertura, de acordo com o sistema de abertura desse tipo de janela. Apresentam facilidade na limpeza e, ainda, ocupam pouco espaço ao abrir ou fechar. A janela de correr é uma das opções mais tradicionais de esquadrias. Sua abertura se dá através do deslizamento horizontal das folhas pelos trilhos. O número de folhas da janela interferem diretamente na ventilação e iluminação do ambiente, quanto maior o número de folhas, mais você poderá controlar a intensidade de luz e ventilação no ambiente. Como o mecanismo de abertura dessas janelas é lateral, não ocupam espaço interno nos ambientes e, por isso, podem ser ótimas soluções para ambientes pequenos. Ainda dispensam molas, puxadores, dobradiças em sua formação, o que diminui os problemas com manutenção.