Sabe aquele pedaço de vidro do basculante que quebrou e você precisou trocar? Ou então o tampo da sua mesa de jantar que rachou e agora não serve mais? Então, a verdade é que você pode reaproveitar esses materiais como se fossem peças novas. Com a nossa faz-tudo Paloma Cipriano, você vai aprender a cortar pedaços de vidro que antes seriam descartados para usar como quiser: ela fez uma tábua de corte para outros materias, por exemplo. Confira o nosso passo a passo aí embaixo:

Do que você vai precisar para cortar seu vidro:

1) O vidro que pretende reaproveitar

2) Cortiça

3) Álcool

4) Flanela

5) Régua

6) Cortador de vidro

7) Querosene ou aguarrás

8) Lixa fina

Não se esqueça dos seus equipamentos individuais de proteção

Pelo fato de estarmos trabalhando com um material cortante como o vidro rachado ou quebrado, é essencial que você proteja suas mãos e seus olhos de possíveis cacos curtos que não podem ser vistos facilmente. Para garantir a sua segurança, utilize equipamentos de proteção individuais como as luvas, que proporcionam maior firmeza para evitar que as peças escorreguem. Também vale usar um óculos de segurança, que vai te proteger de partículas que podem voar durante o processo de corte. E fique tranquilo porque o investimento vale a pena: se você for manusear outros materiais em casa, como a madeira, essa proteção também vai ser essencial.

Cortando vidro: confira o passo a passo:

1º passo: Para começar, apoie seu pedaço de vidro sobre uma base que não seja capaz de danificar ainda mais o material. Uma boa opção para isso é utilizar um pedaço de camurça, porque é um tipo de papel que não risca e nem arranha.

2º passo: É hora de limpar seu vidro. Utilizando álcool comum ou em gel, espalhe o produto sobre a vidraça com uma flanela e esfregue bem. Isso é importante para evitar que pequenas partículas de poeira ou sujeira interfiram na hora de cortar o material mais tarde.

3º passo: Escolha onde você pretende fazer o corte e, com a ajuda de uma régua e uma caneta, marque o vidro. É importante que não haja erros para que, na hora de cortar, você não se confunda.

4º passo: Agora é hora de adicionar, calmamente, querosene ou aguarrás dentro do cortador de vidro. Essa parte é muito importante porque essas substâncias são capazes de diminuir o atrito entre o vidro e o próprio cortador — e, por isso, também conseguem evitar acidentes.

Apoio do vidro sobre cortiça, seguida de imagem de limpeza e marcação do vidro, e adição de querosene na ferramenta de corte de vidro

5º passo: Com a ajuda de uma régua ou um pedaço reto de madeira, faço o corte no vidro usando o cortador. Pressione bem seu objeto de apoio para que não haja erros.

6º passo: Bata levemente em uma das extremidades da marca de corte antes de separar as partes cortadas uma da outra. Dessa maneira, você evita que a separação seja feita de modo brusco ou incorreto e garante que o vidro se parta de forma bem retinha.

7º passo: Faça o acabamento usando uma lixa fina. Com isso, você se livra dos pequenos cacos que poderiam te ferir na hora de manusear o vidro.

Vidro sendo cortado, separação das partes cortadas, vidro sendo lixado para descartar partículas pontiagudas e, por fim, vidro sendo usado como base de corte para outros materiais