Tiny Houses: esse casal está construindo a primeira do Brasil e busca legalizar a ideia

Os sonhos de vida mudaram e, se você pedir para um jovem de hoje escolher entre uma grande casa e uma vida viajando, ele provavelmente vai preferir a segunda opção. Isso justifica o boom recente das Tiny Houses, pequenas casas sobre rodas que proporcionam uma forma simples e itinerante de viver. Aqui no Brasil já tem gente apaixonada pela ideia e nós conversamos com o casal que está tentando regularizar a primeira Tiny House do país.

O interesse por esse tipo de moradia veio junto com uma mudança de vida

Tiny Houses: esse casal está construindo a primeira do Brasil e busca legalizar a ideia

O interesse da Isabel Albornoz (41 anos) e do Robson Lunardi (36 anos) em sair da vida padrão para morar em uma casa bem pequena veio quando eles começaram a aplicar o minimalismo como um estilo de vida. "Ambos fomos diagnosticados com Síndrome de Burnout em 2013, devido aos excessos da vida profissional. Passamos a refletir sobre o que é realmente essencial e a nos desfazer de coisas que não usávamos. Percebemos que usávamos apenas 50% da casa onde morávamos e ela nos gerava muito trabalho de manutenção, limpeza, além de altas despesas", contaram.

Tiny Houses: esse casal está construindo a primeira do Brasil e busca legalizar a ideia

O casal já tinha planos de largar o mundo corporativo para criar um projeto próprio que os desse a possibilidade de trabalhar de casa. "Queríamos unir isso ao nomadismo e morar em diferentes lugares do Brasil, do mundo. A Tiny House surgiu como a opção ideal de moradia e estilo de vida". Para quem fica curioso para saber como é possível tornar um sonho desses realidade, a ex-turismóloga e o ex-estatístico agora trabalham com conteúdo digital e são consultores na Tiny Houses Brasil - empresa que nasceu com o projeto de construção da casa deles, depois que eles identificaram a necessidade por profissionais especializados e capacitados no Brasil. "Passamos uma temporada nos EUA visitando fabricantes, conhecendo moradores, nos hospedando em tiny houses e participando de workshops sobre construção de casas sobre rodas".

Porque a ideia de viver em um lugar pequeno como esse encanta tanta gente?

Tiny Houses: esse casal está construindo a primeira do Brasil e busca legalizar a ideia

Nos Estados Unidos, as buscas no Google pelo termo Tiny House aumentou de forma considerável recentemente. Por lá já é uma opção real de moradia (que você pode comprar pela internet, inclusive) e o nosso casal brazuca diz que os benefícios são muitos. "Baixo custo de conservação, redução dos impostos e do valor de contas básicas, mais tempo livre para o que realmente importa e que gostamos de fazer... Além disso, liberdade, convívio familiar, contato com a natureza são outros motivos". Não da pra negar que os argumentos são bons, né?

Ainda existe um caminho até as tiny houses se tornarem uma realidade no Brasil

Tiny Houses: esse casal está construindo a primeira do Brasil e busca legalizar a ideia

A tiny house do casal ainda está em construção - como dá pra ver nessa foto aqui em cima -mas, depois que ela ficar pronta, ainda há um trabalhinho pela frente para o sonho ser completo. "É que a tiny house sobre rodas é considerada um trailer e o Denatran categoriza os trailers de acordo com seu peso. Elas pesam a partir de 4,5 toneladas e no Brasil não existem Trailers que pesem mais de 3,5 toneladas. Por isso, é preciso passar por testes do Inmetro e fazer o processo de homologação junto ao Denatran", explicam.

Se você quer saber mais sobre essa ideia e ver de perto a construção da primeira tiny house sobre rodas do Brasil, acompanhe o casal nas redes sociais (Instagram / Facebook) e no canal do Youtube que eles criaram pra mostrar tudo.