Se você é daqueles curiosos, que está sempre procurando uma técnica nova para testar em um DIY em casa, vai amar a novidade de hoje. É a Shou sugi ban, técnica milenar japonesa de impermeabilização e carbonização em madeira, ensinada pela Karla Amadori lá no canal Casa de Verdade. A ideia é carbonizar uma superfície de madeira usando fogo: vale usar qualquer fonte de calor, inclusive o maçarico de cozinha que a apresentadora usou no vídeo. Dá uma olhada no passo a passo para aprender:

Você vai precisar de:

Um maçarico

Uma bacia com água

Uma esponja

Verniz

Pincel

Confira o passo a passo da técnica:

1° passo: Regule a chama do seu maçarico para uma potência segura.

Shou sugi ban: como fazer a técnica japonesa que transforma a madeira

2° passo: Aplique o fogo diretamente sobre a madeira (você vai perceber que, aos poucos, ela vai escurecendo e formando uma leve chama por cima).

Shou sugi ban: como fazer a técnica japonesa que transforma a madeira

3° passo: Assim que você vir que a chama passou para a madeira, desligue o maçarico e pegue a esponja. É importante encharcar ela com água, retirar o excesso e passar por cima da área escurecida.

Shou sugi ban: como fazer a técnica japonesa que transforma a madeira

4° passo: Aplique o fogo novamente até cobrir toda a estrutura e ficar tudo bem uniforme.

Shou sugi ban: como fazer a técnica japonesa que transforma a madeira

5° passo: Quando a moldura já estiver toda carbonizada, vai chegar a hora do acabamento. Envernize toda a superfície com a ajuda de um pincel: assim, você vai preservar a madeira e manter uma textura craquelada. O efeito final é um preto fosco lindo!

OBS: O segredo é fazer com calma para não se queimar e sempre lembrar de desligar o gás do maçarico entre uma aplicação e outra.

O que eu ganho fazendo a técnica Shou sugi ban?

Shou sugi ban: como fazer a técnica japonesa que transforma a madeira

Além do estilo (porque nas fotos fica bem óbvio o quanto o acabamento fica original), aplicar a shou sugi ban nas suas madeiras de casa vai fazer com que elas ganhem mais alguns anos de vida. Isso porque o material fica resistente à chuva e às intempéries do tempo: no Japão, por exemplo, a técnica era utilizada nas casas dos pescadores por causa dos efeitos da maresia. Outra vantagem? Ela também protege contra cupins e demais insetos que danificam esse material. E aí, se animou para praticar a técnica em casa?