Decorar o teto é uma excelente forma de dar acabamento e embelezar o espaço. Por isso, se você desconhece o poder decorativo da sanca de isopor, chegou a hora de aprender todos os benefícios dessa peça. Além de funcionar como moldura, ela também ajuda a esconder as imperfeições da superfície e dá um toque super elegante à decoração de sala. A Paloma Cipriano, do Casa de Verdade, ensina um jeito fácil de repaginar o cômodo usando apenas barras de sanca. Vem aprender!

Você vai precisar de:

1 - Uma caixa de corte

2 - Uma serra ou serrote

3 - Sancas de isopor na mesma metragem do seu ambiente

4 - Um estilete

5 - Fita métrica

6 - Lápis

7 - Um tubo de cola para rosetas e molduras

8 - Pano seco

Colocando a mão na massa…

Sanca de isopor para sala: como fazer e os modelos mais comuns de encontrar

1) O processo de montagem da sanca é muito semelhante ao dos rodapés, sabia? As sancas costumam ser vendidas em barras de 2,5 metros - então, antes de comprar, você deve medir o espaço para saber a quantidade certa de material. Use a fita métrica para medir o perímetro (largura) do ambiente todo. Comece tentando encaixar barras inteiras de sanca (sem cortá-las), posicionando-as no canto da parede - assim, você evita emendas desnecessárias.

2) Você também precisa cortar a ponta da barra de sanca em um ângulo de 45°. Isto porque ela ficará no canto da parede (encaixando com outra sanca). Para que o corte fique bem preciso, você deve usar a caixa de corte como apoio para a serra - não tem erro!

Sanca de isopor para sala: como fazer e os modelos mais comuns de encontrar

3) Para fixar a sanca na parede, você deve usar o tubo de cola em bisnaga (específica para molduras). Lembre-se de passar o produto nas extremidades - principalmente nas partes que ficarão em contato direto com a parede. Depois, você deve pressionar bem a sanca nas partes superior e inferior, garantindo uma boa fixação. Nessa hora, é possível que o excesso de massa (cola) escape pelas laterais. Basta esperar o produto secar um pouco para, então, remover as sobras com o pano seco.

4) Agora você deve encaixar as outras barras de sanca nos espaços do teto que ficaram faltando. Utilize o lápis para marcar o local em que você deve cortar a peça - lembre-se de medir certinho, para que o acabamento fique caprichado! Alguns recortes serão feitos em ângulo de 90° e outros em 45° - dependendo do local de encaixe. É só usar a serra e a caixa de corte como suporte.

5) Chegou a hora de fazer a cantoneira! Dependendo do ângulo, você vai ter que fazer cortes específicos - com outras inclinações, por exemplo. Lembre-se de que os cortes devem ser complementares para que as quinas se encaixem. Caso seja necessário fazer ajustes mais detalhados, use o estilete para cortar a ponta do isopor e garantir encaixes perfeitos!

Sanca de isopor para sala: como fazer e os modelos mais comuns de encontrar

Prontinho! Agora você só precisa limpar a parede com o pano e, então, curtir esse cantinho customizado. E aí, o que achou dessa moldura de teto personalizada?

Conheça os modelos mais comuns de sanca

As sancas são peças decorativas muito valorizadas, sabia? E o melhor é que elas existem em uma grande variedade de materiais, formatos e estilos. Além do modelo de isopor, que é bem simples e resistente, existem também sancas cimentícias, de gesso ou poliuretano. Em decorações mais sofisticadas, por exemplo, é comum o uso de sancas de gesso bem trabalhadas - inclusive modelos com spots de luz embutidos. A instalação dessas peças, no entanto, é mais difícil de fazer. Então, para que o trabalho fique perfeito, recomendamos que seja feito por um profissional especializado.