Como limpar porcelanato: o que saber para não estragar o seu piso

Se o chão da sua casa é revestido com placas de porcelanato, pode ter certeza que você tem um dos melhores pisos que existem por aí. Esse material é resistente, sofisticado e - o melhor de tudo - também é super fácil de limpar. Mas, para que você não cometa nenhum erro durante a limpeza, o Casa de Verdade separou dicas infalíveis de como limpar porcelanato (desde o polido ao esmaltado). Dá uma conferida:

Como limpar superficialmente no dia a dia

A limpeza do dia a dia é a mais fácil que há - afinal, não é sempre que você precisa varrer, lavar e secar o chão (e ninguém tem disposição pra isso, né?). A ideia é apenas tirar o excesso de poeira e, assim, deixar o piso mais higiênico. E você pode fazer isso de forma bem simples:

Comece usando uma vassoura comum para retirar o grosso da sujeira. Mas, se preferir, também é possível usar aquele aspirador de pó que tem uma escova na ponta para evitar possíveis arranhões. Essa etapa de tirar a poeira já é suficiente para o dia a dia. Mas, se você faz o tipo “frenético da limpeza”, também vai querer dar uma lavada rápida. Nesse caso, o mais indicado é passar um paninho com água e detergente diluído. Só preste atenção nas proporções da solução: em um balde, coloque de 3 a 5 litros de água e, então, misture com uma colher de sopa de detergente neutro. Depois, é só usar um pano para espalhar o produto no piso. No final, você também pode passar um pano seco para tirar o excesso de umidade.

Obs.: Se o seu porcelanato for do tipo polido (que é mais liso e delicado), dê preferência às vassouras de pelos ou cerdas macias. Já no caso dos porcelanatos esmaltados e mais rústicos (que são mais resistentes), você pode caprichar na hora de varrer e esfregar.

Faça uma limpeza profunda a cada 15 dias

É bem normal que, no dia a dia, você não faça uma limpeza tão caprichada do porcelanato. Mas se tem algo que você deve fazer sempre é uma lavagem profunda a cada 15 dias. Isso porque, com o tempo, o piso vai armazenando gorduras e sujeiras que ficam presas no rejunte. E, se você não tomar uma medida rápida, é possível que elas se transformem em manchas definitivas. Por isso, a gente recomenda seguir as instruções do fabricante - geralmente, já vem indicado o produto específico que você deve usar no porcelanato. Só tome cuidado para não deixar essa solução específica secar no piso: enxágue antes disso acontecer e, depois, passe um pano seco com a ajuda de um rodo.

Obs: Também é legal caprichar na limpeza dos rejuntes. Neste caso, basta usar uma escovinha ou flanela para limpar as interseções das placas de porcelanato. Uma boa dica é aplicar um “saponáceo cremoso” (sem diluir em água) diretamente no rejunte. Deixe ele agir por 10 minutinhos e, depois, remova com a parte macia da esponja.

Tenha aquele cuidado básico para não arranhar ou manchar o piso

Como limpar porcelanato: o que saber para não estragar o seu piso

Além da limpeza, existem alguns cuidados simples que você também deve tomar. Para evitar arranhões, por exemplo, não custa nada colocar feltros e protetores nos pés dos móveis. Assim, você pode mudar a arrumação e arrastar os móveis sem correr o risco de arranhar o piso. Além disso, é sempre importante seguir a máxima ‘sujou, limpou!” e, de preferência, o mais rápido possível. Caso você derrame algum suco, comida ou produto de limpeza inadequado, basta pegar um paninho e remover (imediatamente) a sujeira antes que ela se transforme em uma dor de cabeça.

Mas e se manchar, como faz para tirar?

Tudo depende do tipo de substância que manchou o seu porcelanato. Afinal, cada manchinha tem um antídoto certo - você só tem que descobrir. Caso você tenha sujado o piso com vinho ou cerveja, por exemplo, uma boa dica é usar um detergente alcalino em um pano úmido para esfregar o local da mancha. Mas se o problema for com restos de tinta, existem também removedores próprios para a limpeza do produto (use uma flanela para esfregar). Já no caso de manchas causadas por graxas e óleos, o mais recomendado é usar água quente com detergente alcalino. Aliás, fica essa dica final: a água quente costuma ser ótima para remover manchas de forma geral. E aí, preparado para deixar o seu porcelanato impecável?