Economize energia escolhendo corretamente o aquecedor

Economize energia escolhendo corretamente o aquecedor
Abrir a torneira ou o chuveiro e encontrar uma água bem quentinha é maravilhoso. Para isso, podemos contar com o auxilio dos aquecedores de água que estão divididos em três tipos: a gás, solar e elétrico.

Cada modelo é responsável por atender necessidades específicas, sejam elas acerca de consumo, capacidade, dimensões, praticidade, dentre outras.

Na hora de escolher o modelo de aquecedor a gás, é importante procurar por aqueles que possuam o selo de garantia do Inmetro. Com ele é possível se certificar que o aquecedor é seguro e tem dispositivos para evitar acidentes.

Os aquecedores a gás são aqueles que utilizam gás natural ou GLP. Eles estão divididos em dois grupos, os de passagem e os por acumulação.

Os aquecedores a gás de passagem se tornaram populares no Brasil durante a crise de energia de 2001 e 2002, por apresentarem uma solução eficiente para a economia elétrica. Com este modelo a água é aquecida assim que a torneira ou ducha são abertos, sendo indicado para quem procura um sistema de aquecimento instantâneo, sem a necessidade de um reservatório. Ocupam pouco espaço para a instalação, porém precisam de acesso a uma área externa para sua chaminé.

Para oferecer maior segurança aos moradores da residência, recomenda-se instalá-los em locais de pouca movimentação de pessoas e com boa circulação de ar.

Já nos aquecedores a gás por acumulação, a água aquecida é armazenada em um reservatório, sendo ideal para locais onde há a necessidade de grandes volumes de água quente para uso simultâneo. Seu tamanho pode ser uma desvantagem, pois diferente dos aquecedores por passagem esse modelo de sistema exige um espaço maior para a sua instalação.

É possível ainda unir esses dois sistemas de aquecedores a gás, consistindo em um aquecedor de passagem ligado a uma bomba e a uma central de acumulação. Dessa forma garante-se que sempre haja água quente disponível.
Os aquecedores elétricos de passagem são os mais comuns. Geralmente são instalados diretamente no ponto de uso. Possuem baixo custo e facilidade de instalação, porém consomem mais energia.

Normalmente chamados de boilers, os aquecedores elétricos de acumulação, são um cilindro metálico onde a água permanece acumulada sendo aquecida por resistências elétricas. Suas vantagens são sua eficiência na produção de água quente, rapidez ao levar a água até o ponto de consumo e sua capacidade de atender diversos pontos. No entanto, seu consumo de energia é maior, por trabalhar interruptamente para manter a água aquecida.

Atualmente, as pessoas vêm investindo em projetos mais ecológicos e sustentáveis, com isso os aquecedores solares para água popularizaram-se e já podem ser encontrados em diversas construções.



Eles funcionam através de placas coletoras, normalmente colocadas nos telhados, que absorvem a energia solar e a transferem para a água presente em um reservatório (boiler). Quanto maior a placa, maior a sua potência de aquecimento. É a melhor escolha para quem deseja obter economia na conta de luz e colaborar com um planeta mais sustentável.





A escolha de um aquecedor mais adequado às necessidades de água quente da sua família pode colaborar com a redução no valor da conta de luz ao final do mês. Observe as vantagens e desvantagens de cada produto, elas podem te ajudar a tomar uma decisão mais consciente.

Leia também